1 de julho de 2012

Como tirar um Latte (Art) perfeito

O que necessita

  • Chávena
  • Leite frio, acabado de tirar do frigorífico (aprox. 30cl)
  • Recipiente para aquecer o leite (aço inoxidável)
  • Café acabado de moer
  • Vareta (pode ser uma espetada de madeira, fina)

Preparação do leite

Coloca-se o leite no recipiente. De seguida orienta-se a vareta de vapor da máquina de café para ficar ligeiramente inclinada (10-15º). Introduz-se a vareta no recipiente, até meio do leite, e abre-se o vapor. Desce-se o recipiente até que a vareta fique apenas ligeiramente submersa no leite, com o recipiente ligeiramente inclinado, de forma a criar um remoínho. Nesta posição o barulho do vapor será mais audível. Aquecer o leite nesta posição até que o recipiente fique demasiado quente ao toque (o barulho também se torna menos audível). Quando estiver pronto retirar o recipiente e limpar a vareta de vapor.
O leite terá subido consideravelmente de volume e deverá ter um aspecto aveludado. Se tiver algumas bolhas à superfície bata o recipiente na bancada até que estas desapareçam.


Num video preparado por Scott Rao, autor do livro The Professional Barista's Handbook, sugere-se uma técnica bastante barata para treinar a preparação do leite usando água com detergente.


Preparação do latte

Agora que temos o leite pronto, só falta mesmo tirar o café para a chávena e preparar o latte, com ou sem arte!
Na generalidade começa-se por tirar o café até 1/3 ou metade da chávena. Em seguida, segurando a chávena ligeiramente inclinada, deita-se devagar e a pouca altura o leite. A arte (latte art) é conseguida pela colocação do leite em diferentes posições da chávena e a ritmos diferentes. Nalguns desenhos usa-se uma vareta para criar alguns efeitos com a espuma e o café.

Meio-meio

Começa-se por verter o leite numa das pontas da chávena, para que fique apenas em metade. No final faz-se um desenho com a vareta para decorar a zona de separação.


Coração

Um dos desenhos mais comuns e dos mais simples. Verte-se o leite aproximadamente a 1/3 da chávena, com movimentos pendulares do pulso, com um fluxo contínuo. Na parte final, com a chávena quase cheia, em não parando o fluxo de leite, move-se para a outra ponta da chávena para definir a ponta do coração.


O Trevo

Parecido com o desenho do Coração. Começa-se por verter o leite no centro. Aproximadamente a 2/3 da chávena usa-se o movimento pendular do pulso para criar um efeito parecido com o do Coração. No final usa-se a vareta para definir as folhas do Trevo, começando por desenhar a separação entre elas e em seguida as pontas das folhas.


A Roseta

Parecido com o desenho do Coração mas em movimento invertido. Começa-se por verter o leite no topo da chávena, com movimento pendular do pulso, e vai-se progredindo para a parte de baixo da chávena. No final atravessa-se o desenho a direito.



Sem comentários:

Enviar um comentário